O que é difícil de dizer

16/05/2010

Aprendi alguns passos da sua dança, para fingir que conhecia o baile.

Decorei versos do seu poema, para fingir que te lia.

Cantei o refrão da sua música favorita, para fingir que tinha ritmo.

Corri na frente da sua casa, para fingir saber onde estavas.

Pintei de frente a minha lua para combinar com as estrelas

Depois um sol no meu céu, para fingir que não era noite…

Escrevi para dizer o que não é simples assumir. Escrevi para lembrar a mim que tudo o que faço, nunca é bem assim.

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: